Projeto de compilação das Escrituras Sagradas Mundiais

Projeto de compilação das Escrituras Mundiais

em língua portuguesa

WORLD SCRIPTURE – a Comparative Anthology of Sacred Texts

SINOPSE

As Escrituras Mundiais contém mais de 4.000 trechos selecionados a partir de 268 fontes de textos sagrados e 55 tradições orais. É organizado em 164 diferentes temas comuns a todas as tradições. Este texto é o resultado de um projeto de cinco anos envolvendo a colaboração de uma equipe internacional de 40 especialistas reconhecidos representando todas as grandes religiões do mundo.[1]

“Um volume de escritura sagrada que reúne os valores universais das religiões do mundo. Isso ajudara a superar as barreiras entre as religiões. Todas as pessoas vão perceber o fato de que, entre as religiões, existem valores compartilhados e uma fonte universal comum e que as diferenças que historicamente dividiu as religiões são pequenas.”[2]

PROPÓSITO

Primeiro, há a descoberta da unicidade de Deus, a Última Realidade, que aparece em formas diferentes de época para época e cultura para cultura.

Segundo, a descoberta de que pessoas de outras religiões estão levando uma vida espiritual semelhante à nossa própria pode promover a tolerância e o respeito para, outras religiões.

Terceiro, os ensinamentos de uma outra tradição pode desencadear novos insights sobre problemas semelhantes a nossa própria vida de fé.

Quarta, a humanidade precisa redescobrir os fundamentos de valores espirituais e morais, a fim de superar as filosofias materialistas e seculares de nossos dias.

Finalmente, as Escrituras Mundiais podem apoiar uma teologia mundial e nos guiar em direção a uma unidade dos povos do mundo que está fundamentada em Deus.[3]

AGRADECIMENTOS

Compilação das Escrituras Mundiais só foi possível através da cooperação de um grande número de estudiosos e pensadores religiosos que se dedicavam desinteressadamente à tarefa maciça de montagem e peneirar inúmeras passagens das Escrituras.

“Deus não está obcecado com pequenos detalhes da doutrina. Devemos rapidamente nos libertar de conflito teológico que resulta do apego cego à doutrinas e rituais, e se concentrar em comunicação viva com Deus. Eu acho que precisamos urgentemente purificar a atmosfera religiosa para que os crentes podem ter fé viva e cada alma pode se comunicar com Deus. Hoje Deus está tentando abraçar a toda a humanidade como Seus filhos. Através do diálogo inter-religioso e a harmonia devemos realizar um mundo ideal de paz, que é o propósito da criação de Deus e o ideal comum da humanidade. “[4]

As Escrituras Mundiais foram compiladas e publicadas para promover este objetivo nobre.


[2] Rev Sun Myung Moon, no discurso de lançamento – 27 de Agosto de 1991-

http://www.unification.net/ws/wsessay.htm

[4] Rev Sun Mung Moon, no discurso da primeira Assembléia Mundial das Religiões em 1985

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s