Necessidade de um Conselho Inter-religioso

Proposta apresentada no Fórum Inter-religioso no Evento do Dia de Combate a Intolerância Religiosa

Auditorio Franco Montoro – Secretaria da Justiça – Pateo do Colegio – São Paulo 20/01/2011

Ao fato de estarmos juntos representando diferentes religiões e crenças, e dialogando, já estamos construindo uma Cultura de Paz que poderia ser multiplicada como modelo em todos os lugares em que haja representantes do governo.

Dentro da visão do Movimento da Unificação o Fórum Inter-religioso é o primeiro passo, o segundo passo seria a criação de um Conselho Inter-religioso.

POR QUE ?

Sabemos que a raiz dos problemas da humanidade não é social, ou política ou econômica, por isso o Estado não poderá resolver os problemas sem praticar os princípios e valores ensinados nas religiões. A religião está no coração das identidades culturais e do comportamento humano.

Os líderes religiosos devem sentar, dialogar para esclarecer e definir os valores e princípios comuns a todos e como aplicar e praticá-los para construir um mundo justo e harmonioso.

As “Escrituras Mundiais”, que incluem uma seleção de todos os livros sagrados das principais religiões do mundo, publicadas pelo Movimento da Unificação em 1991, demonstram que 70% dos ensinamentos, valores e princípios compartilhados entre todas as religiões do mundo são os mesmos.

Os pontos comuns são muito mais que as diferenças. Então temos uma base e um fundamento comum para trabalharmos juntos.

Nossa missão, como líderes religiosos:

1 – respeitar um ao outro para acabar com a Intolerância e impedir os conflitos.

2 – colaborar e cooperar para servir a sociedade.

3 – criar um Conselho Inter-religioso que seja um colaborador e parceiro dos Governos em todos os níveis municipais, estaduais, federal e até a ONU.

O Conselho Inter-religioso tem a função da “Mente” ou consciência que direciona, orienta e facilita o trabalho dos Governos.

A proposta do Unificacionismo seria um novo Conceito de laicidade, no lugar de separação, todos os representantes religiosos qualificados formariam uma Câmara semelhante a Câmara dos vereadores ou dos deputados, a missão deste Conselho seria de checar que todos os Projetos de Leis promovam a Justiça, Segurança e Paz para toda a sociedade.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s