Carta para os amigos da URI do Brasil

Caros amigos e
amigas da URI[1]

 

Dando
continuidade a minha participação no dia 17 de outubro, na II Vigília Inter-Religiosa da URI, em São Paulo , na sede da Ordem Ramakrishna, sobre o tema "União
e Cultura de Paz – 10 Anos de URI
":

Eu gostaria
primeiro de me desculpar por ter faltado no primeiro dia. Fiquei escutando tudo
sem falar quase nada, e como o tempo passou rapidamente não tive a oportunidade
de compartilhar o meu ponto de vista.

 

O assunto que me
deixou muito preocupado e triste é sobre o que foi falado a respeito da relação
entre homem e mulher.

 

Minha tradição
religiosa acredita que a raiz dos problemas da humanidade é o relacionamento
sexual ilícito do premier casal de antepassados da humanidade, que corrompeu a
“semente” da Vida e do Amor de todos os seres humanos. O “fruto” da queda que
cortou o relacionamento entre o Criador e a humanidade é a decadência da
cultura ocidental que enfatiza o homossexualismo, o lesbianismo e o sexo livre.

 

Até hoje todos
sofremos as conseqüências da contaminação da linhagem, e de geração em geração
herdamos o “ego” de nossos pais. Os conflitos das famílias se estendem na
sociedade e no mundo impedindo assim a chegada do mundo de Paz.

 

A construção de uma Cultura de Paz necessita a
reconciliação e a União das religiões,
e é para este propósito que foi criada a URI.
As religiões trabalham para restaurar o Amor e proteger a Vida. Todos chegamos
neste mundo através do relacionamento sexual de nossos pais. Por isso é urgente integrar Sexo e Amor,
Amor e Casamento.[2]

 

Além do Paiva Neto, o
Reverendo Moon foi um pioneiro a ensinar o uso correto do órgão sexual. Em
síntese, o dono do órgão sexual do homem é a sua esposa, e o dono do órgão
sexual da mulher é o seu esposo. Esta é uma lei universal eterna e imutável.

 

Adão e Eva violaram esta lei
e devido a isso foram expulsos do Jardim do Éden. Deus, o Criador, é a fonte de
todos elementos masculinos e femininos do Universo, e os seres humanos foram
criados como homem e mulher. Quando um homem aperfeiçoado e uma mulher aperfeiçoada
casam-se, eles se tornam imagem divina e passam a representar Deus,
multiplicando a semente da Vida e do Amor para seus descendentes.

 

O casamento é importante
porque é o caminho para realizar o amor e criar a vida. Da mesma forma que Deus
é Pai e Mãe eternos, nós também fomos criados como filhos e filhas e seres
espirituais eternos. Antes de passar para o mundo espiritual eterno, devemos
aperfeiçoar o Amor durante a nossa vida terrena e vivenciar o amor filial, o
amor fraterno, o amor conjugal e o amor parental. Então o amor como casal
masculino e feminino continuará para a eternidade, uma vez que a bênção do
Casamento Sagrado é eterna.


[2] NETO Paiva, Evangelho do
Sexo, Elevação -São Paulo – 2006

Anúncios
Esse post foi publicado em Religião. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s